Category Archives: Dramaturgia

3 Filmes Obrigatórios Para Atores e Atrizes!

(Por Andrea Nascimento)

          É claro que se você é ator ou atriz como eu, ou se você tem curiosidade pelo tema, quanto mais filmes interessantes você assistir, melhor. Afinal, a sétima arte é uma fonte inesgotável de entretenimento e também de aprendizado, concorda? Mas pra atores e atrizes em específico, existe uma série de filmes que tratam não só do trabalho de atuação dos atores naquela obra: são também filmes que falam do ofício da atuação, da preparação dos atores, do seu modo de se colocar no mundo.

          E por isso, aqui eu escolhi 3 filmes, dentre vários que existem por aí, que são mais que obrigatórios pra atores e atrizes, mas que também podem servir de inspiração para qualquer pessoa que tenha o mínimo interesse neste assunto:

  • Filme nº 1: “Birdman”: Este filme ganhou o Oscar de melhor filme em 2015. Ele narra a história de um ator que ficou extremamente marcado por um papel de muito sucesso no qual ele interpretou um super-herói, e que depois tenta descolar a sua imagem deste personagem, através da interpretação de um texto consagrado na Broadway. No entanto, se desvencilhar deste personagem passa a ser um desafio. Particularmente falando, eu ouvi muita gente na época dizendo que não tinha gostado ou não tinha entendido muito bem este filme, mas pra atores e atrizes em geral, ele é essencial e faz todo o sentido. Isso porque ele aborda questões importantes na profissão, tais como: as escolhas que nós fazemos como artistas; a relação entre o cinema e o teatro na nossa profissão; e também como funciona a nossa forma de raciocinar, quando estamos mergulhados em um trabalho de criação;
  • Filme nº 2: “Jogo de Cena”: Este filme é do grande diretor brasileiro Eduardo Coutinho. É um filme incrível, porque ele realmente brinca com os limites entre ficção e realidade. Nele, o diretor filmou, em um cenário extremamente simples e minimalista, mulheres contando suas histórias de vida, e também atrizes recontando e interpretando estas mesmas histórias. As atrizes não são necessariamente conhecidas do grande público e é aí que mora a parte mais interessante do filme: quem são as atrizes interpretando os personagens e quem são as verdadeiras donas das histórias que estão sendo contadas? E este enigma é o que nos prende até o final e torna este filme realmente incrível. Imperdível!
  • Filme nº 3: “Persona” ou em português “Quando duas mulheres pecam”: Atenção que aqui vai ter um pouquinho de spoiler, tá? Este é um filme do grande diretor sueco Ingmar Bergman, o qual eu recomendo fortemente que você pesquise mais sobre ele. O filme fala de uma atriz de teatro, interpretada pela também grande atriz Liv Ullmann. No filme, ela para de falar após a realização de uma peça de teatro, na qual ela interpretava a protagonista, e depois deste episódio, a sua psiquiatra resolve deixar a atriz sob os cuidados de uma enfermeira extremamente dedicada, numa isolada casa de praia. O convívio entre as duas, com o tempo, vai se estreitando, mas depois a enfermeira descobre que a atriz está mesmo é fazendo um estudo para um personagem e o objeto desse estudo é a própria enfermeira. Eu disse que tinha spoiler, né? Este filme é muito interessante pra nós atores e atrizes, porque ele fala da preparação dos atores para um personagem. E esta preparação pode tanto envolver o estudo do texto em si, mas também, uma espécie de laboratório, no qual nós estudamos in loco o personagem em questão. É ou não é muito interessante?

           Vale dizer que estes filmes não são difíceis de encontrar. Basta procurar com carinho, que você vai ter acesso a todos eles. Fica a dica!

Habilidades da comunicação para você desenvolver já!

(Por Andrea Nascimento)

 

É bem verdade que uma das tendências de carreira que estão se destacando por aí atualmente é o desenvolvimento de algumas habilidades. E como exemplos dessas habilidades, você pode pensar em muitas coisas: liderança, resolução de problemas, pro-atividade, etc. Mas uma destas habilidades em especial, que você pode, sim, treinar e desenvolver, é a habilidade da comunicação.

E existem várias formas e técnicas, baseadas em estudos de especialistas, que você pode aprender para se comunicar melhor e, até mesmo, para gravar vídeos com mais facilidade. E aqui, eu vou citar apenas 5 delas, para você começar hoje a aplicar no seu dia a dia, seja em conversas, reuniões ou gravando seus vídeos, por exemplo. Aqui vão elas:

  • Seja um bom ouvinte: isto ajuda a entender melhor as outras pessoas e mostra respeito pelo seu interlocutor. E ajuda também na empatia e numa forma de comunicação não-violenta;
  • Não interrompa ou fale junto com o seu interlocutor: além de não ser uma prática muito educada, isto pode criar irritação e, consequentemente, ruído na comunicação. Interromper o outro o tempo todo é um indicativo de que você não se interessa pelo que está sendo dito e quer controlar a conversa. Portanto, atenção: aguarde o colega ou a colega terminar a sua fala e, só então, exponha o seu ponto de vista;
  • Ouça de forma ativa: ou seja, converse com o seu interlocutor, não fique apenas ouvindo passivamente. Assim, você promove uma troca de ideias, estabelece um relacionamento e também mostra interesse pela fala do outro;
  • Faça contato visual com o seu interlocutor: quando você olha para baixo ou para os lados enquanto conversa com alguém, isto pode demonstrar uma falta de confiança ou até mesmo a sensação de que você está mentindo. E por outro lado, na câmera, quando você grava Stories ou os seus vídeos do Youtube, por exemplo, quando você olha somente para si próprio na tela do celular ao invés de olhar para a bolinha da câmera, isso também pode ser entendido como um comportamento narcisista. Não que isso não ocorra de vez em quando, é normal. Afinal, a nossa própria imagem acaba atraindo a nossa atenção para a tela. Porém, tente não fazer disso um comportamento que se repete sempre;
  • E procure se adaptar à linguagem usada pelo seu interlocutor ou pelo seu público: ou seja, tente ajustar o vocabulário e o seu tom de voz à pessoa com a qual você está conversando. E isso também vale para o seu público na Internet e para o seu nicho: por exemplo, não adianta nada falar de uma forma extremamente formal se o seu interlocutor ou o seu público são mais adeptos à informalidade, concorda? Porque isso só vai gerar desinteresse e falta de identificação, criando assim, também, um ruído na comunicação.

Ou seja: uma mesma mensagem pode ser passada de diferentes formas. Basta que você faça pequenos ajustes pra adaptar. Fica a dica.

E se você quiser saber um pouco mais sobre este assunto, assista a este vídeo no meu canal no Youtube:

Dicas para fazer uma Self-Tape

(Por Andrea Nascimento)

Antes de qualquer coisa, é importante esclarecer o que é afinal uma self-tape: self-tape é um vídeo interpretado por um ator ou atriz para um teste, que pode ser para uma série, um filme, uma campanha publicitária, etc.
Ele funciona mais como um pré-teste, no qual um produtor de elenco envia um texto pra um ator ou atriz pré-selecionado(a), para que este ator ou atriz interprete este texto gravando, na sua casa, através de um celular, do seu jeito, e envie este vídeo pronto de volta para o produtor de elenco.

O produtor de elenco é o profissional da produção deste filme, novela, série, etc. encarregado por fazer a seleção inicial dos atores e enviar esta seleção para a decisão final do diretor ou da produção geral. Em tese, o self-tape não substitui o vídeo-book, pois este é um vídeo produzido com mais qualidade, muitas vezes realizado num estúdio, com uma câmera profissional.

Porém, após o advento da pandemia, é fato que o self-tape substituiu, sim, de certa forma, nem que seja temporariamente, não só os vídeos-books, mas também os testes presenciais. Por isso, se você é ator ou atriz, é obrigatório que você entenda minimamente como fazer uma self-tape.

No caso da self-tape, eu poderia dar uma série de dicas técnicas do tipo:

    • Grave o seu vídeo sempre com o celular na horizontal e num plano médio;
    • Procure colocar o celular num suporte para você ficar mais solto ou mais solta na hora de interpretar o texto;
      o Pergunte ao produtor de elenco se é para olhar ou não para a câmera, assim como ficar no centro ou na lateral do vídeo;
    • Atenção a um mínimo de qualidade: um fundo mais claro do que o seu cabelo, uma luz boa, de preferência natural, etc.;
    • Uma maquiagem mais básica, sem muita sobra ou batom muito forte, e um figurino mais liso, sem muitas estampas;
    • E atenção ao tempo de duração do vídeo determinado pelo produtor, que geralmente é de até 1 minuto ou um pouco mais.


Porém, as dicas que eu prefiro dar aqui, serão mais sob o ponto da atriz mesmo:

  • Pense que, geralmente, se aquele produtor de elenco chegou até você, é porque você tem o perfil pra um determinado papel. Portanto, procure saber para qual produto você está fazendo o teste: se é para uma novela, quem é o autor desta novela; se é para um filme, qual é o gênero e a linguagem deste filme, etc. Isto porque, sabendo pra qual direção ir, vai ser muito mais fácil se adequar melhor ao que está sendo pedido para a self-tape;
  • Tente pesquisar sobre o produtor de elenco que te chamou para fazer a self-tape: os tipos de texto que chamam mais a atenção dele, se clássicos ou mais contemporâneos; com quais tipos de produtos ele costuma trabalhar, se mais com teatro, TV ou cinema; e a linguagem que ele mais trabalha, se com obras mais experimentais, ou mais comerciais. Isso também vai te ajudar a se adequar melhor ao que está sendo pedido;
  • Quanto à escolha do texto, se esta for uma escolha sua, tente saber qual é a linguagem do produto que você está sendo chamado ou chamada para fazer o teste: se mais quotidiana ou mais clássica. Mas lembre-se que um bom texto, de um autor ou de uma autora já consagrado(a), sempre chama a atenção;
  • E finalmente, se você não conseguir descobrir nada sobre o produto ou o produtor para o qual você foi chamado pra fazer a self-tape, lembre-se: procure sempre fazer o que você faz de melhor. Seja comédia, seja drama, textos mais do dia-a-dia ou obras renomadas, faça o que você pode fazer de melhor. Isso porque o que você tem que fazer é chamar a atenção do produtor e dos outros envolvidos na produção. Lembre que estas pessoas têm que assistir, muitas vezes, dezenas e até milhares de testes num dia só. Portanto quem se destaca, sai sempre na frente.

Tenho certeza de que, com estas dicas, você fará uma excelente self-tape!

E se você quiser saber um pouco mais sobre este assunto, assista a este vídeo no meu canal no Youtube:


© Andréa Nascimento por Videobes Multimídia