Artigos

Como usar imagens de terceiros e do Google sem violar nenhuma regra do direito autoral

(Por Andrea Nascimento)

           Esta é uma pergunta muito recorrente entre os criadores de conteúdo, youtubers e bloggers em geral: como usar imagens dentro de vídeos, num texto de um blog ou dentro de um perfil corporativo numa rede social, sem violar nenhuma regra de direito autoral ou de direito de imagem?

A verdade é que muita gente pensa que, se a imagem está no Google, está tudo certo, porque a imagem é de “uso comum”.  Mas não é bem assim que funciona, pois nem tudo que está no Google está em domínio público. Portanto, antes de usar uma imagem de alguém que você não conhece, verifique sempre as autorizações necessárias, bem como as licenças.

Diante disso, aí vão algumas dicas práticas, que funcionam como regras gerais sobre o uso de imagens de terceiros:

  • Procure usar imagens da sua própria autoria o máximo possível, ou seja, imagens criadas por você, pois assim, você já vai evitar a obrigação de requerer autorização para o autor da imagem ou para a pessoa retratada nela. E quando você faz uso de uma quantidade grande de imagens nos seus conteúdos, isso faz toda a diferença;
  • Caso a imagem em questão que você deseja usar seja de terceiros, ou seja, caso o autor da imagem seja uma outra pessoa, só use esta imagem com a devida autorização por escrito, ou então busque a imagem que você quer usar em bancos de imagem autorizados, que vendam a mesma pra você, ou que a disponibilizem como uso livre, a depender da licença. Para tanto, sempre guarde o comprovante da compra ou a declaração de que a imagem é de uso livre, bem como sempre dê os créditos ao autor;
  • Lembre-se também de que o autor da imagem, ou seja, quem captou a imagem, pode ser diferente da pessoa retratada nela (a não ser que seja uma selfie). Desta forma, você também deverá pedir autorização de uso de imagem para esta pessoa retratada.

No entanto, além destas regras gerais, também é verdade que existe um recurso dentro do Google chamado “Google Imagens”. Este recurso permite que você use algumas imagens de terceiros, sim, já previamente licenciadas.  E dessa forma, você pode escolher as imagens que você quer usar nos seus vídeos, rede sociais, etc., sem violar nenhuma regra de direito autoral, desde que obedeça com atenção às normas impostas pelas licenças previamente acertadas.

É importante esclarecer que o Google Imagens é um recurso que foi feito em parceria entre o Google e alguns bancos de imagens bastante conhecidos. Ele foi criado justamente para evitar que os usuários utilizem imagens sem as devidas licenças e depois tenham problemas com isso. E ele faz com que as informações sobre os direitos autorais de uma imagem apareçam junto dela nos resultados da pesquisa na plataforma e, quando você clica numa imagem que contém o selo “licenciável”, vão aparecer na tela os tipos de licenciamentos dela.

Para acessar este recurso, é muito simples: dentro do próprio Google, você clica em imagens e depois na seção “ferramentas”. Logo depois, você clica na seção “Direitos de Utilização” e lá existem 3 tipos de licença: Licença Creative Commons, Licença Comercial e Todas.

As Licenças Creative Commons, basicamente, seriam as licenças públicas. E isso quer dizer que o autor da imagem permitiu o compartilhamento dela. Esta permissão se dá dentro dos limites impostos por ele, mas geralmente de forma livre e gratuita. Assim, para usar esta imagem, basta dar o crédito ao autor dela, e geralmente colocar um link para o seu acesso.

Já as Licenças Comerciais são para imagens que não têm uso livre e que podem ser compradas. Elas são geralmente pra quem quer fazer uso comercial de uma imagem, para um site ou uma página de uma empresa, por exemplo. Desta forma, quando você escolhe este tipo de licença e clica nesta imagem, você é redirecionado para o banco de imagens que a detém e lá você efetua a compra dela.

Já para as imagens que detêm a denominação “Todas”, isto quer dizer que lá estão todas as licenças permitidas para aquela imagem específica. E uma vez clicando nela, você escolhe o modo que deseja utilizar esta imagem.

E aqui vai uma dica final para o uso de imagens em vídeos no Youtube, independentemente de monetização: ou você usa as imagens com Licenças Creative Commons e coloca na descrição do vídeo o crédito do autor e o link de acesso, ou você compra a imagem nos bancos de imagem e guarda este comprovante com você, pra qualquer eventualidade ou reivindicação. Fica a dica.

E se você quiser saber um pouco mais sobre este assunto, assista a estes vídeos no meu canal no Youtube:




© Andréa Nascimento por Videobes Multimídia